"Pesquisa é o processo de entrar em vielas para ver se elas são becos sem saída." (Marston Bates)

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

SÍNFISE PÚBICA




sínfise pubiana, também denominada sínfise púbica, trata-se da articulação responsável por unir os ramos direito e esquerdo do osso pubiano.

O osso púbico é a parte frontal da pélvis. A sínfise púbica é a articulação do centro desse osso. É uma articulação semimóvel que une o púbis formando a bacia (cintura pélvica), que é composta pelo sacro e cóccix, e dois ossos do quadril, que por sua vez, cada osso, é composto por três ossos compactados: ílioísquio e o osso púbico. 


As principais funções da sínfise púbica são absorver choques durante a caminhada e, nas mulheres, permitir  a passagem do bebê durante o parto normal.

Durante a gravidez, o corpo da mulher segrega hormonas (relaxina e progesterona) que permitem que as ligações sejam mais flexíveis, de forma a que os ossos pélvicos se possam expandir um pouco e criar, assim, mais espaço para que o bebé passe durante o parto. Esta maior flexibilidade, junto com uma maior pressão nas articulações e nos nervos à medida que o bebé cresce, causa a dor que sente.

Dentre as desordens que acometem a sínfise púbica estão:
  • Osteodistrofia renal, que leva a um alargamento da sínfise;
  • Ocronose, que resulta em depósito de cálcio na sínfise;
  • Espondilite anquilosante, levando à fusão óssea da sínfise;
  • Osteíte púbica, que é o tipo de inflamação mais comum nessa região;
  • Doença articular degenerativa da sínfise, que pode ocasionar uma instabilidade ou movimentos pélvicos anormais.

FONTES:


Nenhum comentário:

Postar um comentário